“Promover um espaço de integração entre escoteiros, seus familiares, convidados e a comunidade de modo geral”. Esse é um dos objetivos da 4ª edição da Feijoada do 41, evento promovido pelo 41º Grupo Escoteiro Domingos Barbosa de Araújo (GEDBA), que acontece dia 1º de outubro, a partir do meio dia, na sede do grupo que funciona no Colégio Estadual de Feira de Santana, Rua Juracy Magalhães Júnior – Centro.

De acordo com Jaciane Motta da Silva, chefe do Grupo Escoteiro e uma das organizadoras da Feijoada, assim como do Forró do 41 que acontece no período junino, este evento visa arrecadar recursos financeiros para a manutenção das atividades do grupo, ampliação da sede e compra de materiais diversos utilizados no dia a dia dos participantes do GEDBA, uma vez que o grupo não conta com nenhum tipo de vínculo seja político-partidário, religioso ou mesmo através de empresas. Jaciane disse, também, que os organizadores estão se empenhando ao máximo para que a feijoada seja mais um momento de muita alegria, reencontro e prazer dos participantes. Consta, ainda, na programação, som ao vivo com Zé Carlos dos Teclados, apresentação de Grupo de Samba de Roda e venda de bebidas. O convite custa 15 reais e dá direito a um prato de feijoada.

O que é Escotismo(?)
O Escotismo é um movimento educacional que, por meio de atividades variadas e atraentes, incentiva os jovens a assumirem seu próprio desenvolvimento, especialmente o caráter, e a se envolverem com a comunidade, formando verdadeiros líderes. Por meio da proatividade e da preocupação com o próximo e com o meio ambiente é possível formar jovens engajados em construir um mundo melhor, mais justo e fraterno.

Apartidário, o Movimento Escoteiro valoriza a participação juvenil em esferas políticas, participando de processos de decisão em Conselhos, Conferências e demais grupos de trabalho. O apoio político não leva em conta partidos, mas o compromisso do parlamentar que se une à União Parlamentar Escoteira do Brasil de atuar de acordo com os princípios e propostas do Escotismo.

Como ser Escoteiro(?)
Para se juntar ao Movimento Escoteiro como jovem é preciso ter entre 6,5 e 21 anos; a partir daí a atuação se dá como adulto voluntário, sem limite de idade. O 41º GEDBA é formado, atualmente, por cerca de 60 jovens; as reuniões acontecem sempre aos sábados à tarde, na sede do grupo. Maiores informações através dos telefones (75) 99252-0202 (chefe Luciano) ou (75) 98270-0222 (chefe Jaciane).

Com informações de Carlos Alberto da Silva Santos