dia mundial da água 1Dia Mundial da Água 2dia mundial da água 3

No DIA MUNDIAL DA ÁGUA (22-03-2015), um belo evento organizado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Naturais de Feira de Santana, no Parque da Lagoa Erivaldo Cerqueira, na Avenida José Falcão da Silva, envolveu pessoas e organizações para refletir quais os próximos passos de como cuidar da água de nossa cidade, pois ainda não dá para celebrar e sim trabalhar.

Um ato inter-religioso, coordenado pelo Núcleo de Espiritualidade do Ecobairro, abençoou as águas coletadas nas diversas lagoas da cidade e provenientes do Ecobairro de São Paulo, que unia águas da Índia, São Paulo, Brasília e Curitiba. Portanto, as águas de Feira de Santana se uniram com as águas do Brasil e do Mundo. O cantor e compositor Jonatas Moreno apresentou a sua mais nova música BEM PRECIOSO, dedicada à união de todos ao bem precioso, a ÁGUA. Ouça ….

O Secretário Roberto Tourinho, deu um panorama geral sobre a situação das águas e os desafios que temos, principalmente com relação às lagoas, que originalmente eram propriedades privadas e hoje são patrimônio da humanidade. Foi propiciado um ambiente de reflexão com os presentes permitindo a livre expressão e a necessidade de agirmos sem demora. Uma prática de cultura de paz: ouvir para compreender.

No parque, uma exposição sobre as águas de Feira de Santana, mostrou a riqueza e o potencial que tem essa cidade, cuja origem são os OLHOS D´ÁGUA.

As Nações Unidas vêm alertando aos países signatários sobre o problema da água e precisamos agir sem demora na reformulação das políticas públicas para que possamos superar essa crise que põe em risco a sobrevivência humana sobre a Terra. A máxima “pensar global e agir local” nunca foi cobrada como agora na dimensão do agir local, pois o pensar global através da ONU tem oferecido conteúdos consistentes para as políticas públicas, mas a ação local tem sido quase que insignificante diante das necessidades de um mundo sustentável e pacífico. É necessário encontramos soluções criativas sem burocracias, mas aliada a uma gestão dos recursos hídricos de nossa cidade. O problema tem solução, só precisamos de união.

Aproveitamos para lembrar as propostas sobre a Água apresentada na Carta Aberta do I Encontro de Ecobairros por uma Feira de Santana Sustentável e Pacífica, ocorrido em 28/02/2015:

Indivíduo: estabelecer cota de consumo de água e ajustes de aprimoramento de consumo

Casa: estabelecer cota de consumo familiar; utilização do reuso, redução; identificação de consumo/perda

Quarteirão/condomínio: reunir a vizinhança para motivar o tema do monitoramento do consumo da água;

Bairro/cidade: comparar consumo do bairro X cidade; meta: definir a redução do desperdício num prazo de 7 anos.

Comece já sua mudança de atitude em relação a esse BEM PRECIOSO: a ÁGUA!!!