Na manhã deste sábado, 25/07, o Colégio Estadual Teotônio Vilela – CETV, através dos professores da Área de Ciências Humanas, promoveu uma formação para os jovens que atuam com líderes de turma.

Os líderes de classe foram eleitos para atuarem como interlocutores da turma junto à comunidade escolar, sendo também mediadores dentro da própria classe. A proposta, que já faz parte da rotina do CETV, também compõe um Programa do governo do Estado, para promover o protagonismo juvenil, propiciando um maior envolvimento dos alunos nas ações realizadas nas escolas, contribuindo para a gestão democrática e participativa.

Num primeiro momento, os estudantes puderam assistir a alguns trechos do filme Madagascar, intercalados por conceitos de estilos de liderança discutidos entre os presentes. Os jovens dialogaram sobre liderança afetiva, dirigente e democrática.

lideranças 3

Paullo Santos, do Ecobairro, falou sobre liderança sustentável, chamando a atenção para oito características de um líder sustentável, entre elas a resiliência e a criatividade. A seguir, foram formados grupos para atividades dinâmicas conduzidas pelos professores.

Conversamos com o Professor Alberto Amorim, coordenador da Área de Ciências Humanas.

VS: Por que formar líderes estudantis?
Prof. Alberto: para incentivar o protagonismo juvenil na escola.

VS: A formação de líderes faz parte de algum projeto da escola?
Prof. Alberto: Sim, é uma iniciativa que surgiu com o Pacto do Ensino Médio, com o resgate dos grêmios-livres. Ampliada em uma nova etapa com a eleição e formação do líder e vice-líder pela escola, sob orientação da Secretaria da Educação do Estado da Bahia.

VS: Como está estruturada esta formação?
Prof. Alberto: A primeira etapa, organizada pela área de Ciências Humanas, com apoio do Ecobairro, tem por meta desenvolver a formação ao longo do ano. Organizamos dois momentos, com a palestra sobre tipos de líderes e três dinâmicas envolvendo situações como preconceito, agressão e preservação, que foram construídas na AC da nossa área. Com base em cada situação, os grupos formados irão discuti-las, com base na realidade escolar e em seguida propor novas ações ou rever as que já estão em execução. Na plenária final, serão entregues as sugestões de ações que comporão uma tabela final para fins de acompanhamento.

VS: Qual o papel do líder na escola?
Prof. Alberto: Liderar, mas ainda é preciso trabalhar o seu significado, já que muitos ainda não compreenderam a importância da função na sala de aula e na escola.

Por Redaçao do Viva Sustentável