O Ecobairro celebrou o Dia Internacional da Paz e Dia da Árvore, 21 de setembro, plantando dois Ipês, um Rosa e um Amarelo, em cooperação com instituições parceiras.

Ipê Rosa – Plantado no Colégio Estadual Teotônio Vilela – com a instituição parceira que nutre o Núcleo de Educação Ecobairro. Os Professores e Articuladores da Área de Exatas que Coordenam o CETVerde – Projeto do CETV para as questões ambientais, junto com os Ecojovens e os estudantes do 2º Ano A – participaram da oficina do plantio.

Passos dados:
1. Identificação do local de melhor posição para fazer sombra à Praça do Poeta – a Praça da Paz;
2. Conversa sobre da importância do Dia Internacional da Paz e da Árvore pela Diretoria e o Ecobairro;
3. Escavação para fazer o berçário e acolhimento da muda da árvore;
4. Adubação com restos orgânicos da cozinha e folhas que estavam no local em decomposição, já gerando húmus;
5. Cerca de proteção para árvore, um patrimônio natural;
6. Partilha entre os participantes sobre o aprendizado que obtiveram na iniciativa;
7. Os Ecojovens já querem aproveitar o ar condicionado mais próximo para instalar uma tubulação de aproveitamento da água para a árvore que acabara de ser plantada e
8. Plantando com Educação as ações permanecem, porque são feitas com consciência.

2

3

4

Ipê Amarelo – Plantado do Centro de Formação e Cultura Católico Santana Mestra – Instituição parceira que nutre o Núcleo de Espiritualidade do Ecobairro.

20150921_174715 (2)

Com a participação do Reitor Padre Pedro e do Padre Avelino, fizemos o plantio e depois oramos, seguindo as inspirações de São Francisco de Assis e da Enciclica Laudato Si – a Encíclica da Ecologia, apresentada ao mundo pelo Papa Francisco.

Em seguida fizemos a reunião semanal do Ecobairro, acolhendo o Padre Avelino que acabara de chegar da Espanha das suas férias merecidas. Depois, repartimos uma torta maravilhosa que foi fruto de uma prática de Feira de Trocas que está acontecendo no Condomínio Viva + Papagaio, já exercitando uma economia verde e solidária.

Lembramos do Salmo de número 1 durante o plantio e compartilhamos:

“Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.
Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.
Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.
Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.
Porque o Senhor conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá.”

Redação Viva Sustentável