O Programa Permanente ECOBAIRRO é uma iniciativa do Instituto Roerich da Paz e Cultura do Brasil com apoio institucional das Nações Unidas. Nasceu em 15 de agosto de 2004 em São Paulo e está em Feira de Santana desde 21 de setembro de 2013. O Ecobairro tem como objetivo cooperar para tornar a cidade sustentável e pacífica.

O Ecobairro inspira-se na experiência das Ecovilas, que são assentamentos humanos que buscam uma harmonia entre a natureza e as necessidades sociais com as econômicas. O Ecobairro procura traduzir essas experiências para o eixo urbano, atuando através de 8 Núcleos que o compõem. Partimos do princípio de que toda transformação inicia-se no indivíduo, e se expande a sua casa, o quarteirão ou condomínio e o bairro.

Acompanhe conosco os 8 Núcleos do Ecobairro na perspectiva da sustentabilidade e desde já convidamos você a fazer parte da construção de uma cidade sustentável e pacífica.

EDUCAÇÃO SUSTENTÁVEL é um dos Núcleos que compõe o DNA ECOBAIRRO e é dela que falaremos agora. A educação é a base de socialização das pessoas no mundo. O Pensamento Semente da Educação Ecobairro é: Cultivamos o processo de autoeducação para que a comunidade e o bairro tornem-se locais de aprendizado. Valorizamos o indivíduo como agente de conhecimento e gerador de cultura.

Segundo a pensadora inglesa Alice Bailey, “a forma em que a humanidade comemora o fracasso da educação é através das guerras e da violência”. Vivemos num mundo permeado de violência nas esferas sociais, ambientais e econômicas. Portanto, se quisermos mudar a cultura de violência para uma cultura de paz e sustentável, devemos começar pela educação, e agora uma educação sustentável.

A Educação Sustentável é o grande desafio que a natureza lançou à humanidade após a crise ambiental, uma educação que possa harmonizar os interesses sociais com os ambientais e os econômicos para preservar as futuras gerações e o planeta.

Em 2015 a Assembleia das Nações Unidas aprovou a Agenda 2030, que estabelece os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Saõ 17 metas que formam os alicerces para uma vida sustentável e pacífica em nossa Casa Comum, a Terra. Uma das Metas, a de número 4, é dedicada à Educação de Qualidade, e o item 4.7 indica a EDUCAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.

A Educação Sustentável, dentro da perspectiva do Ecobairro, perpassa alguns caminhos:
1. Une a educação formal com a não-formal e informal para tornar o mundo sustentável, dentro da perspectiva da cidadania planetária, integrando o pensar global com o agir local, em sintonia com a Comissão Internacional da Educação, que propõe que a Educação do Século XXI tenha os seguintes pilares: aprender a viver juntos, a conhecer, a fazer e a ser.
2. Gera transformação no indivíduo, em sua casa, no quarteirão ou condomínio e em seu bairro, reduzindo e se possível eliminado a linha divisória entre teoria e prática, utilizando a Pedagogia da Mãe.
3. Gera mudança de hábitos e estilos de vida, através da cultura de paz para um vida sustentável.
4. Valoriza a cultura local e se une com a cultura global sem perder sua identidade cultural, estimulando a preservação do patrimônio natural e cultural.
5. Estimula que o currículo alie as áreas de conhecimento com as necessidades da vida de forma transversal, transdisciplinar e interdisciplinar, de forma holística e sistêmica.
6. Busca equilibrar o ser com o ter, o masculino com o feminino, propiciando a justiça entre gêneros.
7. Avalia constantemente os esforços para que haja equilíbrio entre as necessidades sociais com as ambientais e econômicas e
8. Amplia nossa visão de mundo, na compreensão de que somos um, ser humano-natureza, e membros de uma única família, a família planetária, composta por todos os seres da natureza, e que, além disso, moramos numa casa comum: a Terra, vizinha de outras casas cósmicas, gerando, portanto, uma cosmovisão.

Esses oito passos da Educação Sustentável vem alimentando o Ecobairro ao longo desses anos e cooperando para tornar as cidades sustentáveis a partir de você, sua casa, seu condomínio ou quarteirão e seu bairro e estimulando todos por uma comunidade melhor.

Inspirados na Educação Sustentável, sugerimos algumas atitudes.

Em você:
• Se você é estudante de ensino formal, identifique em seus livros e estudos onde são citados aspectos de sustentabilidade e de vida pacífica e reflita como esse conhecimento pode ser aplicado na vida.
• Valorize todas as possibilidades de aprendizado, seja no ambiente formal e não-formal, a vida é uma escola, e não deixe de estudar, mesmo tendo concluído o ensino formal. Pesquise constantemente sobre sustentabilidade.
• Ponha em prática os conhecimentos. É transformador tanto para você como quem está à sua volta. O que realmente aprendemos é o que aplicamos na vida, não seja ecochato e sim ecoconsciente.

Em sua casa:
• Faça um encontro reflexivo em sua casa com o tema: como podemos nos educar para sermos uma ECOFAMÍLIA.

Em seu quarteirão ou condômino:
• Converse com sua vizinhança sobre educação sustentável, que une a educação formal e não-formal por uma vida sustentável e pacífica.

Em seu bairro:
• Sugira às escolas do seu bairro que pratiquem uma Educação Sustentável que inclua a participação das famílias e que traga benefícios para o bairro.
• Realize um evento sobre Educação Sustentável com as instituições de educação do seu bairro, sejam elas públicas ou privadas, visando tornar o bairro sustentável a partir da educação.

Para conhecer mais sobre o DNA Ecobairro, leia o Guia Sementes para um bairro pacífico e sustentável, disponível no link https://projetosementesparaumbairrosustentavel.files.wordpress.com/2013/06/guia-sementes-para-um-bairro-sustentavel-e-pacifico.pdf

Conheça, divulgue e pratique a Educação Sustentável! Segundo o grande Educador Paulo Freire: “Educação não transforma o mundo. Educação muda pessoas. Pessoas transformam o mundo.”

Redação do Viva Sustentável