O Viva Sustentável, em comunhão com a época do Natal, está fazendo esta série especial a que chamamos ADVENTO ECOLÓGICO. Na primeira semana começamos a nos reconciliar com elemento AR, na segunda com o elemento Terra e agora com o elemento Água.

O Advento no calendário litúrgico prepara a humanidade para o momento mais especial no Cristianismo, o nascimento de JESUS, a encarnação do AMOR.

Como podemos preparar nossa Casa Comum para receber a encarnação do Amor? A Encíclica da Ecologia, do Papa Francisco, convida a todos nós para uma Conversão Ecológica, a qual torna claro que o novo cristianismo envolve não só superar as dificuldades sociais e econômicas, mas também cuidar da criação de Deus, representada pela Natureza.

Vamos aproveitar esta época e aliar as aspirações da Espiritualidade com a Ecologia e nos preparar para o nascimento do AMOR em nossos corações, a todos os seres que compõem a nossa casa comum, a obra perfeita do criador, para que no dia do nascimento de Jesus, a casa esteja arrumada, até porque Ele mesmo diz: “Portanto, ficai atentos, porque não sabeis em que dia virá o Senhor.” Então, aceleremos nossos passos rumo a este encontro tão esperado!

Nesta terceira semana do Advento Ecológico, faremos a reconciliação com o elemento Água.

Sem água não há vida, ela é o sangue de todo corpo planetário, é abundante no universo e sua quantidade é tamanha na nossa casa comum que o cantor e compositor Guilherme Arantes criou a bela música Planeta Água. Além disso, existe uma quantidade de seres que moram debaixo d´água, um vasto habitat de vida aquática.

Mas o que fizemos com a nossa Água? A poluição hídrica compromete a qualidade da água, prejudicando a biodiversidade, bem como o abastecimento de água e a produção de alimentos. Além disso, uma parcela considerável da população mundial ainda não tem acesso à água potável, o que traz diversos problemas de saúde. A água é indispensável no modo de vida da humanidade, de forma que está fortemente ligada à cultura de todos os povos da Terra. Diante dos problemas advindos do mau uso dos recursos hídricos, surge uma nova consciência de que é necessário utilizar a água conscientemente.

Quando o elemento água está furioso, ele gera chuvas torrenciais com inundações, aumento do nível dos oceanos e impactos maiores como os tsunamis. Por isso, também, é importante que nos pacifiquemos com o elemento água.

O elemento água é o maior gerador de energia limpa, conhecida como Energia Hidrelétrica. As usinas hidrelétricas funcionam através da pressão da água que gira a turbina, transformando a energia potencial em energia cinética. Depois de passar pela turbina, o gerador transforma a energia cinética em energia elétrica. Através de fios e cabos a energia é distribuída, e antes de chegar às casas e comércios, é transformada em energia de baixa tensão.

Inspirados no elemento água, sugerimos algumas atitudes para esta terceira semana do Advento Ecológico:

Ações em você

  • Valorize a água que você bebe e visualize, a cada gole, ela circulando em seu corpo e gerando purificação, saúde, paz e abundância
  • Beba pelo menos oito copos com água por dia, a saúde agradece
  • Reaproveite a água do seu banho para fins não potáveis, por exemplo, use na descarga do vaso sanitário
  • Medite nesta frase da música de Gilherme Arantes que diz: Água que nasce na fonte serena do mundo.”

Ações em sua casa

  • Armazene a água de chuva para molhar as plantas e para fins não potáveis e quando a chuva chegar, lembre-se de acolhê-la com amor, porque ela purifica o ar e alimenta a agricultura para termos alimentos
  • Faça um plano de economia da água em sua casa, com apoio de todos
  • O cálculo de Pegada Hídrica recomenda o máximo de 110 litros por dia por pessoa, faça as contas e verifique o volume de água em sua conta

Ações em seu quarteirão ou condomínio

  • Converse com a vizinhança sobre a importância de preservar, economizar e proteger as águas
  • Verifique se há vazamento de água em sua rua ou quarteirão e chame a empresa responsável para consertar, não descanse enquanto eles não resolverem.

Ações em seu bairro

  • Verifique se há nascentes, córregos e lagoas em seu bairro e organize com a liderança local e órgãos públicos, um plano para preservação e proteção de forma criativa
  • Bairro que cuida das águas é um bairro sustentável.

Encerramos nosso quadro de hoje com um trecho da Carta de São Tiago para nossa meditação de reconciliação com o elemento Água:

Irmãos, Ficai firmes até à vinda do Senhor. Vede o agricultor: ele espera o precioso fruto da terra e fica firme até cair a chuva do outono ou da primavera.

Por Consuelo Penelu e Paullo Santos – Redação do Viva Sustentável