O Viva Sustentável, em comunhão com a época do Natal, apresenta esta série especial a qual chamamos ADVENTO ECOLÓGICO.

Na primeira semana começamos a nos reconciliar com elemento AR, na segunda com o elemento Terra, na terceira com o elemento Água e agora nesta última semana com o elemento FOGO!

O Advento, no calendário litúrgico, prepara a humanidade para o momento mais especial no Cristianismo, o nascimento de JESUS, a encarnação do AMOR.
Como podemos preparar nossa Casa Comum para receber a encarnação do Amor? A Encíclica da Ecologia, do Papa Francisco, convida a todos para uma Conversão Ecológica, a qual torna claro que o novo cristianismo envolve não só superar as dificuldades sociais e econômicas, mas também cuidar da criação de Deus, representada pela Natureza.
Vamos aproveitar esta época e aliar as aspirações da Espiritualidade com a Ecologia e nos preparar para o nascimento do AMOR em nossos corações, para com todos os seres que compõem a nossa casa comum – a obra perfeita do criador.
Com esse pensamento, vamos arrumar nossa casa, até porque Ele mesmo diz: “Portanto, ficai atentos, porque não sabeis em que dia virá o Senhor.” Então, aceleremos nossos passos rumo a este encontro tão esperado!”

Nesta quarta e última semana do Advento Ecológico, faremos a reconciliação com o elemento Fogo.

O fogo é uma mistura de gases a altas temperaturas. Desse modo, o fogo pode ser entendido como uma entidade gasosa emissora de radiação e decorrente da combustão. Dependendo das substâncias presentes e de quaisquer impurezas, a cor da chama e a intensidade do fogo podem variar.

O fogo foi a maior conquista do ser humano na pré-história. A partir dessa conquista, o homem aprendeu a utilizar a força do fogo em seu proveito, extraindo a energia dos materiais da natureza ou moldando a natureza em seu benefício.

O ser humano pré-histórico também aprendeu a cozinhar os alimentos em fogueiras, tornando-os mais saborosos e saudáveis, pois o calor matava muitas bactérias.

Sem fogo não há calor e luz. Mexer com fogo requer muito cuidado, tanto que a expressão brincar com fogo se tornou uma metáfora muito conhecida, como no trecho de uma música de Paulinho da Viola: No amor não se brinca com fogo…

Mas o que fizemos com o Fogo? Fizemos queimadas destruindo a natureza e gerando gases de efeito estufa que provoca mudanças climáticas, criamos armas de fogo que matam a vida. Utilizamos o fogo de forma destrutiva em alguns casos, mas o que nos chama a atenção é que ele é um elemento que não se suja, é sempre puro e purifica tudo, ou seja, é um elemento purificador.

Quando o elemento fogo está furioso, ele gera autocombustão na natureza fruto do aumento das temperaturas, gerando queimadas e destruindo o ecossistema.

Quando falamos de Fogo na natureza, temos que falar do SOL, com seu fogo intenso é um grande gerador de energia limpa , conhecida como Energia Solar, que é ativada pela luz e calor do sol, produtos do fogo.

Tecnologias solares convertem e distribuem a energia solar. Entre as técnicas solares ativas estão o uso de painéis fotovoltaicos, concentradores solares térmicos das usinas heliotérmicas e os aquecedores solares. A quantidade de energia solar que atinge a superfície do planeta é imensa e até 2050 será a maior fonte de energia do mundo, graças ao SOL.

A energia do Sol na forma de luz solar produz a fotossíntese, processo do qual, direta ou indiretamente, dependem todos os seres vivos que habitam nosso planeta.

Inspirados no elemento fogo, sugerimos algumas atitudes para esta quarta e última semana do Advento Ecológico:

Ações em você
• Reflita como está seu fogo interior, não o deixe reduzir, pois é ele que anima seu ser com as aspirações mais profundas do espírito
• Pense como ser uma pessoa ardente, gerando alegria e entusiasmo nos mais difíceis problemas da vida

Ações em sua casa
• Planeje a instalação de energia solar em sua casa
• Ao acender velas em sua casa, lembre-se de que a força que ajuda na sua fé diante de Deus, não está na vela e sim no elemento fogo, pense nisso, o Sagrado agradece!

Ações em seu quarteirão ou condomínio
• Converse com a vizinhança sobre a importância da energia solar
• A reconciliação com o elemento fogo na vizinhança envolve a melhoria do clima, as árvores ajudam a pacificar o calor

Ações em seu bairro
• Organize um evento com as lideranças de seu bairro em parceria com o poder público e comecem a elaborar um plano para implantação de energia solar em seu bairro
• Bairro sustentável vive em harmonia com o Fogo e valoriza a energia solar.

Lembre-se que o Cristo nos batizará com o FOGO E O ESPÍRITO SANTO, portanto, precisamos nos purificar. E assim, encerramos com um trecho do Salmo 23, para nossa meditação de reconciliação com o fogo:
“Quem subirá até o monte do Senhor,/ quem ficará em sua santa habitação?”/ “Quem tem mãos puras e inocente o coração.”

Por Consuelo Penelu e Paullo Santos – Redação do Viva Sustentável