O Viva Sustentável, em comunhão com a época do Natal, deu início a uma série especial, a que chamamos ADVENTO ECOLÓGICO. Na primeira semana, começamos a nos reconciliar com elemento AR e nesta será com o elemento Terra.

O Advento no calendário litúrgico prepara a humanidade para o momento mais especial no Cristianismo, o nascimento de JESUS, a encarnação do AMOR.

Como podemos preparar nossa Casa Comum para receber a encarnação do Amor ? A Encíclica da Ecologia, do Papa Francisco, convida todos nós para uma Conversão Ecológica, a qual torna claro que o novo Cristianismo envolve não só superarmos as dificuldades sociais e econômicas, mas também que devemos cuidar da criação de Deus, representada pela Natureza.

Vamos aproveitar esta época e aliar as aspirações da Espiritualidade com a Ecologia e nos preparar para o nascimento do AMOR em nossos corações,  com todos os seres que compõem a nossa Casa Comum, a obra perfeita do criador, para que no dia do nascimento de Jesus, a casa esteja arrumada, até porque Ele mesmo diz: “Portanto, ficai atentos, porque não sabeis em que dia virá o Senhor.” Então, aceleremos nossos passos rumo a este encontro tão esperado!

Nesta segunda semana do Advento Ecológico, faremos a reconciliação com o elemento Terra.

A terra é a grande geradora de alimentos, não existe agricultura sem terra, as plantas precisam  da terra para crescerem, nenhum animal fora d´água consegue se alimentar sem o que a terra gera, principalmente os seres humano. Aliás, sem terra não temos onde pisar, portanto, onde quer que você pise o elemento terra é quem lhe sustenta de pé.

elementoterra2

Mas o que fizemos com a nossa terra? Poluímos colocando tanta química e resíduos sólidos que o solo ficou contaminado e empobrecido de tal jeito que cada vez mais aumentam as doenças devido ao empobrecimento do solo, reduzindo a nossa qualidade de vida  e nosso tempo na Terra.

Quando o elemento terra está furioso, ele gera terremotos. Por isso, também,  é importante que nos pacifiquemos com o elemento Terra.

O elemento terra também é um grande gerador de energia limpa, conhecida como Energia Geotérmica.  “Geo” significa terra e “térmica” corresponde a calor, portanto, a energia geotérmica é a energia calorífica da terra. Ela é oriunda do magma que fica a menos de 64 km da superfície terrestre. Esse calor faz a água de camadas subterrâneas evaporar e o vapor é conduzido por meio de tubos até lâminas de uma turbina. Um gerador transforma essa energia mecânica em elétrica.

Inspirados na terra que nos alimenta e nos sustenta, sugerimos algumas atitudes para esta segunda semana do Advento Ecológico com o elemento Terra.

Ações em você

  • Tire seu calçado e pise na terra diretamente, sinta a força dela e visualize seus pés como raízes e seu copo como uma árvore
  • Medite nesta frase da música de Gilberto Gil que diz: “Debaixo do barro do chão da pista onde se dança – Suspira uma sustança sustentada por um sopro divino.”

Ações em sua casa

  • Deixe áreas de terra em sua casa e plante, deixe a terra respirar
  • Se você mora em apartamento, tenha vasos de plantas, tenha contato com a terra
  • Conheça a técnica de fazer tintas naturais com terra e pinte algumas paredes de sua casa e você verá que beleza
  • Faça compostagem instantânea com sobras de alimentos crus, como cascas de frutas, legumes e verduras; bata num liquidificador e ponha no solo, revolvendo-o

Ações em seu quarteirão ou condomínio

  • Gere calçadas verdes na vizinhança e deixe a terra respirar
  • Não deixe que produtos químicos caiam na terra da sua rua, lugar de lixo é no lixo

Ações em seu bairro

  • Quanto mais áreas de terra em seu bairro, mais prevenção a enchentes; o solo permeável  propicia que a água da chuva retorne ao ciclo da terra, fortalecendo e enriquecendo a terra
  • Bairro que tem muitas áreas permeáveis e sente o cheiro da terra quando chove é bairro sustentável.

Encerramos com uma frase do Evangelho de Matheus, dedicada à segunda semana do Advento, para sua meditação: “João foi anunciado pelo profeta Isaías, que disse: “Esta é a voz daquele que grita no deserto: preparai o caminho do Senhor, endireitai suas veredas!”

Por Consuelo Penelu e Paullo Santos – Redação do Viva Sustentável