Evento reúne jovens de 7 Cidades em Feira de Santana e Ecobairro expande o movimento Ecojovens na Bahia

1

O Programa Permanente Ecobairro foi convidado a falar sobre ECOJOVENS – O NOVO PROTAGONISMO PELA CULTURA DE PAZ, no evento organizado pela Conexão Vida, quando mais de 100 jovens de 7 Cidades: Santa Luz, Salvador, Acupe, Cabaceira, Candeal, Ilhéus e Feira de Santana reuniram-se no Colégio Estadual Padre Giovanni Ciresola no bairro Cidade Nova em Feira de Santana – Bahia no sábado, 05 de setembro de 2015.

O Ecobairro falou sobre a urgência dos jovens se engajarem no novo modelo de protagonismo juvenil, os Ecojovens. Depois do dia 15 de abril de 2015, quando o Ecobairro lançou o Projeto Construindo Nossa Feira Sustentável no Parque Erivaldo Cerqueira com a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Naturais da Cidade de Feira de Santana com a participação de jovens dos Colégios: Estadual Teotônio Vilela, o Particular Thaiane Pinhero e o Municipal Lions de Itapororocas foi dado início ao Movimento de Ecojovens em nossa Cidade com o hasteamento da Bandeira da Paz e Cultura, símbolo internacional de proteção e preservação do patrimônio cultural e natural . Os Ecojovens serão alimentados pela Educação para fazerem parte da construção de uma cidade sustentável e pacífica.

O Ecobairro dissemina seus princípios de sustentabilidade através da Pedagogia da Mãe e com linguagens que sensibilizem de acordo com as faixas etárias, as quais são classificados assim: Ecoinfância, Ecojovens e Ecomaturidade. O grande desafio é criar linguagens para essas faixas etárias e depois integrá-las num movimento intergeracional, quando todas as idades se conversam formando as comunidades sustentáveis.

2

O evento no Colégio Padre Giovanni Ciresola foi histórico e preenchido de Espiritualidade, nesse sábado, porque expandiu os Ecojovens para mais seis cidades, além de Feira de Santana, formando assim um núcleo de expansão para a Bahia com 7 cidades. Em conversa com a Irmã Solange e o Professor Jean Santos, já se pensa em fazer um evento com 80 cidades da Bahia para expandir o Movimento ainda este ano.

No evento de sábado, 05/09, o Ecobairro apresentou o apelo das Nações Unidas para a questão das Mudanças Climáticas na Casa Comum: o Planeta Terra, e 8 grupos de estudantes foram formados para refletir sobre os temas urgentes e apresentar propostas de ações no indivíduo e de como tratar nos colégios onde estudam. Dessa forma os professores podem ajudar no fortalecimento do conteúdo para que eles possam agir com mais velocidade.

3

Os jovens precisam resgatar o ativismo, só que o momento agora é por um mundo sustentável e pacífico a partir do indivíduo, sua casa, seu quarteirão/condomínio e seu bairro, e tendo como laboratório sua escola, no caso dos Ecojovens. A grande mudança da educação chegou, a teoria deve virar prontamente prática, pois o planeta tem pressa para que garantamos uma vida sustentável que inclui as futuras gerações. Os grupos refletiram os seguintes temas e apresentaram seus resultados através de textos e de forma artística, deram um show de como em pouco tempo tiraram de dentro si ideias enriquecedoras para ajudar a Casa Comum, os temas foram:

1. Água
4

2. Energia
5

3. Resíduos
6

4. Biodiversidade
7

5. Consumo consciente
8

6. Ciclo dos Alimentos
9

7. Mobilidade Urbana
10

8. Cultura de Paz.
11

Esse evento histórico lança a pedra fundamental de expansão do Movimento Ecojovens para a Bahia, Brasil e porque não dizer mundo. Os jovens começam a dar início ao resgate do ativismo através de uma atitude eco consciente. Parabéns jovens e vamos construir um mundo sustentável e pacífico, mas lembrem-se da escala de transformação: o indivíduo, a casa, seu condomínio/quarteirão e seu bairro e tendo como laboratório sua escola e viva os ECOJOVENS! Vocês mudam com a principal virtude da sustentabilidade: ALEGRIA!!!

Veja as fotos do evento: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.842910805815902.1073741839.675328809240770&type=3

Por: Redação Viva Sustentável