Aprenda sobre o ciclo da água e das plantas fazendo um terrário

Terrário é um recipiente de vidro com pedras, carvão, terra e plantas. Ele permite observar o funcionamento do mundo natural: observando o terrário, podemos compreender melhor o ciclo da água e das plantas, e até entender como os animais nascem, vivem e morrem.

Quer ver como isso funciona? Faça você mesmo um terrário na sua casa ou na sua escola!

MATERIAL

1 vidro de boca larga, de conserva ou garrafa pet cortada ao meio;
1 xícara de carvão vegetal (utilizado para evitar o apodrecimento das raízes, evita o mal cheiro e o aparecimento de fungos etc);
1 xícara de pedrinhas para aquário;
3 a 4 xícaras de terra com adubo orgânico (pode ser comprada em supermercado ou floricultura);
2 ou 3 mudas de plantas diferentes (as pequenas são mais indicadas)
1 pedaço de elástico ou fita crepe
1 pedaço de plástico maior que o tamanho da boca do vidro
1 xícara de água filtrada

MODO DE FAZER

1º passo :
1. Faça camadas dentro do vidro (ou da garrafa pet, cortada ao meio): primeiro as pedrinhas, depois o carvão e por último a terra.
2. Deixe cada camada bem nivelada.
3. Na última camada (terra), faça buracos e plante as mudas.
A camada de terra serve para alimentar a planta.
As pedrinhas e o carvão servem para drenar a água.

2º Passo:
1.Molhe a terra, cubra o vidro com o plástico, passe o elástico em volta para ficar bem vedado.
2.Ponha o recipiente em lugar que receba luz indireta.

FASE DE OBSERVAÇÃO

Depois de fechar o vidro, o ciclo começa. A água penetra pela raiz e é liberada por meio das folhas, pela evaporação.

Como o espaço não é suficiente para absorver todo o vapor que fica nas paredes e no teto do recipiente, quando a umidade chega ao ponto em que a terra já não consegue absorver a água (saturação), ocorre uma espécie de chuva que devolve a água ao solo.

O terrário se mantém sozinho, mas verifique toda semana se é necessário colocar um pouco de água. Deve-se ter o cuidado de não exagerar na água, para as raízes das plantas não apodrecerem.

Você pode colocar mais plantas ou substituí-las.

Fonte: EBC Agência Brasil

Foto: Creative Commons – CC BY 3.0 – Terrário – Luis Pérez/ Creative Commons