Quando chove na área urbana, as pessoas se inquietam e até reclamam, e na área rural vem o regozijo, ou seja, o que é bom para um pode ser não acolhedor para o outro. Porém chuva na área rural significa alimento para todos, seja para quem mora nela ou na urbana.

Com as Mudanças Climáticas, o maior desafio ambiental do planeta na atualidade, já são notórias algumas mudanças, e o mais interessante é que o clima influencia no comportamento de todos.

Hoje em Feira de Santana o SOL fez uma devastação celeste, onde poucas nuvens restaram. A brisa movimenta-se com um ar ainda de inverno, mas, em seu silêncio, parece preparar a futura primavera, porque o azul celeste nos convida para o infinito, assim como o aroma das flores.

Enquanto escrevo, uma brisa entra no escritório como se trouxesse sinais de um dia em que a natureza urbana tenta nos dizer algo. Afinal o que a natureza quer nos comunicar?

Sim, é disto que eu quero falar. O clima de hoje me fez observar a importância de aumentarmos nosso diálogo com a natureza. O que falo não é coisa de maluco e sim de quem a cada dia vem descobrindo o amor da e pela natureza.
Estamos na área urbana, onde a natureza se mescla com a urbanidade, mas sua força é muito maior do que as nossas obras caríssimas, aparentemente fortes, mas frágeis diante de qualquer alteração climática.

Portanto, pense o que você sente em cada manifestação do clima, em cada amanhecer e em cada entardecer. Entre um e outro tempo você terá um momento de contemplar a vida e perceber que até no trânsito que nos move, pode-se notar essa luz tão preciosa do sol, que faz do dia, onde quer que estejamos, nos lembrar do canto de um rouxinol.

Obrigado natureza, por ser uma em todo lugar, por mais que os seres humanos queiram mudar! Crie um clima de paz para ouvir e ver a natureza urbana!

Consuelo Penelu e Paullo Santos
Da Redação do Viva Sustentável