Os negros historicamente foram perseguidos e desvalorizados e sua inserção social ainda passa por desafios. Vivemos num mundo de muitos preconceitos e racismo, e a população negra requer um destaque especial, pois ainda há um passivo social considerável.

No Brasil, a data 20 de novembro é o Dia Nacional da Consciência Negra. É feriado em muitas cidades do país, ficando sobre a responsabilidade do município decretar. A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de “Zumbi dos Palmares”, o último líder do Quilombo dos Palmares, em 1695.
zumbi_dos_palmares_portraitreproducao_destaque_dandara
(Casal Zumbi e Dandara dos Palmares)

Sendo assim, o Dia da Consciência Negra remete à resistência dos negros e negras contra a escravidão de forma geral, desde o primeiro transporte de africanos para o solo brasileiro. É também um dia para a tomada de consciência sobre a nossa diversidade e o combate ao racismo e ao preconceito.

Escolas, ongs e várias instituições organizam palestras e eventos educativos, voltadas a toda a sociedade e principalmente às crianças negras. O objetivo é desenvolver a autoestima e a valorização da identidade afro-brasileira.

A cultura africana e afro-brasileira é de rara beleza, com suas cores, músicas, artesanatos, artes, literatura. Destacamos um símbolo de resistência negra que representa também o afeto e a ancestralidade, que é a boneca ABAYOMI. Você já ouviu falar?

Abayomi é uma boneca negra feita de tecido, sem cola nem costura. Na língua Iorubá, Abayomi significa “encontro precioso”. Conta-se que as mulheres africanas, durante as penosas viagens nos navios que conduziam a população escravizada para o continente americano, rasgavam as próprias roupas e faziam nós para fazerem bonecas e acalentarem as crianças naquele ambiente hostil.

Ao conhecermos essa pequena, mas valorosa história da boneca Abayomi, percebemos o ser criativo e amoroso que há em nós, que, mesmo na adversidade, pode ser gerador de bem-estar para as futuras gerações: a base de uma vida sustentável.

Inspirados na Consciência Negra, sugerimos algumas atitudes:

AÇÕES EM VOCÊ:
• Reflita dentro de você e procure ver se há algum tipo de racismo e remova imediatamente
• Se você é negro ou descendente valorize suas características genéticas e veja a beleza que há em assumir sua identidade afro-brasileira
• Promova a consciência negra e a erradicação de qualquer tipo de preconceito e discriminação racial

AÇÕES EM SUA CASA:
• Promova um almoço com sua família e reflitam juntos como erradicar o racismo e preconceito
• Honre em sua família a herança genética e em especial valorize as diferenças

AÇÕES EM SEU QUARTEIRÃO OU CONDOMÍNIO:
• Converse com seu vizinho ou vizinha sobre a importância da consciência negra
• Erradique qualquer tipo de racismo em sua vizinhança e valorize a diversidade de etnias

AÇÕES EM SEU BAIRRO:
• Reúna as lideranças de seu bairro e realize eventos regulares sobre a promoção da consciência negra e erradicação de todo tipo de racismo.
• Bairro Sustentável erradica o racismo e promove a consciência negra!

Aprenda como fazer a boneca Abayomi, acessando o site: http://vivasustentavel.eco.br/boneca-abayomi-como-fazer-esta-arte-afro-brasileira/

Encerramos com uma frase inspiradora do querido Bob Marley: ENQUANTO A COR DA PELE FOR MAIS IMPORTANTE DO QUE O BRILHO DOS OLHOS, HAVERÁ GUERRA!