O Colégio Estadual Teotônio Vilela, em Feira de Santana, encerrou nesse sábado, 24 de agosto de 2019, o Curso de Horta na Comunidade Escolar realizado em parceria com a equipe técnica do Curso de Agronomia da UEFS – Universidade Estadual de Feira de Santana e a UNAMACS – Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável que é mantida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais de Feira de Santana, com apoio do Ecobairro Brasil. A UEFS mais a UNAMACS vem trabalhando para que as escolas de Feira de Santana implantem Horta na Comunidade Escolar, e várias vem aderindo ao movimento.

O público do Curso de Horta no CETV
Esse Curso foi inusitado, foi aberto à comunidade escolar e parceiros, de forma que participasse quem viesse de forma espontânea, e aí tivemos diretores e vice-diretores de escolas, coordenadores pedagógicos, equipe de cozinha escolar, líderes de ONGs, profissionais liberais, e até gente da rede escolar de Salvador e pouca adesão dos estudantes, o que ficou claro que se os educadores não aderirem e os gestores escolares, os estudantes não serão envolvidos, portanto foi cumprida a primeira etapa do Curso, atingir os multiplicadores do conhecimento, os professores e gestores e equipe da cozinha escolar.

CETV + 30: Como será nossa educação?
O Colégio Estadual Teotônio Vilela – CETV, já teve várias implantações de hortas através do seu Projeto CETVerde, e agora com o Projeto CETV + 30, lançado em 2018, quando o CETV completou 30 anos, com o compromisso em cumprir a Educação para o Desenvolvimento Sustentável que consta na Agenda 2030 das Nações Unidas, quer que a prática seja rítmica em seu processo pedagógico.
E assim comenta a Diretora do CETV Maria da Conceição de Oliveira Lopes, após o Curso:“Maravilhosa a experiência! É um espaço pedagógico que nasce para revitalizar nossa prática e estimular o contato com a terra, a alimentação saudável, a responsabilidade social e ambiental, além do convívio harmonioso e contagiante na comunidade escolar. Estou muito feliz!! Gratidão aos parceiros!!”

A Profa. de Biologia do CETV Janete Jane – a direita na foto abaixo e Profa. Conceição à esquerda, Coordenadora da Horta Escolar no CETV, declara:
“Em um momento, como o que estamos vivendo hoje, onde a natureza pede “SOCORRO AO HOMEM”, instalar uma Horta Orgânica em um ambiente escolar, é antes de tudo uma grande honraria.
Todos sabem dos benefícios que um produto orgânico pode nos trazer (ALÉM DE AMPARAR A NATUREZA!), mas poucos são os que querem “SUJAR AS MÃOS” e/ou “PAGAR POR ESTE PREÇO”, agora!!! Produtos Orgânicos são alimentos livres de agrotóxicos, limos e saudáveis que vem de um ambiente saudável e em harmonia, um local onde ocorre um perfeito ciclo com a utilização e reutilização de nutrientes gerados ali mesmo e, com custos muito baixos.
Em uma Escola, este ambiente permitirá criar na comunidade escolar (COM DESTAQUE PARA OS ESTUDANTES), uma consciência ambiental, formando cidadãos que cuidarão com mais atenção da sua casa natural e da sua saúde. A ideia é transformar pessoas, gerando atitudes que produzam ciclos educacionais e de aprendizagem que passem de geração para geração. Que passe de professor(a) para professor(a), de merendeira para merendeira, de vigilante para vigilante, etc. “CONTAMINANDO” a todos, mudando hábitos, e gerando vida saudável, natureza benigna, ambiente forte.
A instalação de uma horta orgânica no CETV foi uma grande experiência de paciência, conhecimento, solidariedade e harmonia. Este local será dedicado a ensinamentos de mudanças no futuro e transferências positiivas.” Afirma Profa. Janete.

EQUIPE TÉCNICA QUALIFICADA DA UEFS
O Prof. Doutor Gilberto Mendonça – Coordenador de Extensão do Curso de Agronomia da UEFS com seus discentes, foram os educadores do Curso, criando um ambiente de descontração e que a linha divisória entre teoria e prática são inexistentes, ele sempre alertava: “nosso curso termina com a horta pronta e depois vamos supervisioná-la até sua consolidação e se possível que faça parte da prática em sala de aula.”


Após o Curso o Professor Gilberto comenta:
“A implantação de hortas contribui com a comunidade de múltiplas formas, dentre as quais a produção de alimentos talvez seja a menos importante. Ao formarmos um grupo para implantar uma horta comunitária/escolar resgatamos nosso contato com a natureza e retomamos o hábito de prosear com os vizinhos. Nos aproximamos das pequenas cidadezinhas, aquelas nas quais o bom dia é sincero. A horta comunitária/escolar é um espaço privilegiado para reforçar laços sociais e como um extra, temos a produção de alimentos saudáveis.”
Acrescenta: “A instalação de hortas urbanas traz diversos benefícios ao indivíduo, à comunidade e à própria cidade.
Virtualmente qualquer espaço ocioso pode ser transformado em hortas, propiciando aos cidadãos maior contato com a natureza, envolvimento com a vizinhança, alimentos e lazer. A instalação de hortas urbanas é um meio democrático de uso dos espaços públicos.”


Foto abaixo do Prof. Gilberto dando aula de Horta Vertical no Colégio Estadual Luiz Viana:

UNAMACS
A Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável – UNAMACS, mantida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais de Feira de Santana, parceira dessa iniciativa para o êxito principalmente na rede municipal de educação, participou do Curso com sua Coordenadora Profa. Elisângela Lucena, e ao findar o Curso comenta:
“Uma horta como estratégia didática representa uma mobilização do saber socioambiental aliado ao pedagógico, ampliando também para a área comportamental, expandindo possibilidades de mudança de atitude para as questões socioambientais e educativas. Absolutamente isso constrói valores na escola que são imprescindíveis para um sujeito ambientalmente responsável. E principalmente esses valores parte de uma ação coletiva, o que torna um potencializador para a aquisição do conhecimento. Bem vinda Horta, bem vinda vida.”

Agenda 2030 – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
O Ecobairro Brasil, parceiro do CETV desde 2013 com a implantação do Programa Semeando a Paz para o Cultivo de um Ambiente Sustentável e que se ampliou com o CETV + 30, visando o cumprimento da Agenda 2030 – ONU – na meta Educação de Qualidade, um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, participou da cooperação na parceria e do Curso de Horta na Comunidade Escolar, através de seu Coordenador em Feira de Santana e Região, o Educador Paullo Santos:
“A Horta na Comunidade Escolar faz cumprir algumas metas diretas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável:
a meta de número 2: “Agricultura Sustentável: Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável.” e a meta de número 4: “Educação de Qualidade” e na submeta 4.7 – Até 2030, garantir que todos os alunos adquiram conhecimentos e habilidades necessárias para promover o desenvolvimento sustentável, inclusive, entre outros, por meio da educação para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida sustentáveis, direitos humanos, igualdade de gênero, promoção de uma cultura de paz e não violência, cidadania global e valorização da diversidade cultural e da contribuição da cultura para o desenvolvimento sustentável.” “Estou super feliz em participar do primeiro Curso de Horta em Comunidade Escolar em Feira de Santana, demos um grande passo, parabéns a todos que participaram e aos parceiros, agora é aprofundar na educação e multiplicar para toda rede de educação pública e privada no município de Feira de Santana!”
Afirma Paullo Santos.

Veja várias fotos no álbum, através do link: https://www.facebook.com/pg/vivasustentavel.eco.br/photos/?tab=album&album_id=2391503927623241

Por: Redação do Viva Sustentável