O Colégio Estadual Teotônio Vilela, em Feira de Santana – BA, com seu Projeto CETVerde e o Ecobairro, lançam, a partir de 01 de junho de 2015, abrindo a semana do meio ambiente, iniciativas que irão fortalecer uma educação sustentável e pacífica, visando contribuir para a superação do maior desafio ambiental do tempo atual: as mudanças climáticas.

No final de 2014 o Comitê Internacional de Mudanças Climáticas das Nações Unidas, fez mais um apelo, pedindo aos países signatários que mudem com urgência seu modelo de desenvolvimento, para um desenvolvimento sustentável e pacífico, pois temos um prazo de 100 anos para mudar esse modelo, ou seja, uma geração, pois a humanidade corre o risco de não suportar os impactos das mudanças climáticas e os desafios ambientais. O CETV e o ECOBAIRRO vêm cada vez mais trabalhando para atender a esse apelo na Educação.

O CETVerde neste ano de 2015 ousa em mexer com as raízes que afetam o meio ambiente, através de ações continuadas para que o CETV cumpra seu papel diante da situação planetária.

E como vai ser?
1. Medição de Pegada Ecológica: O Colégio vai medir em toda comunidade escolar qual a sua Pegada Ecológica. A Pegada é um questionário que mostra o quanto nossos hábitos de vida podem impactar a natureza. De acordo com esse questionário você pode verificar quantos planetas são necessários para seu estilo de vida. Preenchido de forma individual, depois será sistematizado para termos uma visão coletiva da comunidade. Depois de 180 dias, a pegada será medida mais uma vez para saber se reduziu ou aumentou.

2. Engajamento:
a) Treinamento dos funcionários: conscientização dos funcionários a respeito da necessidade de mudança de postura, adotando atitudes que visam a sustentabilidade. Essa ação inclui conscientização sobre o tema com exibição de filme, aplicação da pegada ecológica e oficina de compostagem e coleta seletiva de resíduos .
b) Fortalecimento de todos os(as) professore(a)s: sensibilização e envolvimento de todos os professores e alunos nas ações a serem desenvolvidas para dar continuidade ao projeto CETVerde.
c) Formação e treinamento dos subcomitês de turmas para desenvolvimento das ações: cada subcomitê contará com pelo menos a presença de dois alunos de cada turma e alguns professores, os quais serão responsáveis por fortalecer o desenvolvimento de ações permanentes do projeto.

3. Leitura e reflexão sobre a Carta da Terra: através da leitura da Carta da Terra, sensibilizar alunos e professores em relação à tomada de atitudes que visam a conservação do planeta e garantam a sustentabilidade. A Carta da Terra nasceu na ECO92 e levou 8 anos para ser concluída, com a participação de quase todos os povos do planeta.

4. Plantio de hortas e manutenção dos jardins: os professores com os alunos (6º. e 7º. anos – professores de matemática, geografia e ciências) irão desenvolver o trabalho com horta ou jardim. O professor deve orientá-lo a fazer análise do solo, levantamento das plantas e sementes adequadas, adubação do solo, medição dos canteiros delimitando com material reciclável, além de propor uma forma para proteger a horta do sol e como fazer adequadamente a manutenção dessas áreas verdes.

5. Brechó: através da realização de um bazar serão angariados fundos para aquisição de materiais para o desenvolvimento do projeto. Uma prática de economia solidária e verde.

6. Consumo Consciente:
a) De olho na energia e água: serão publicizados os números de consumo de água e energia para monitoramento de todos, para geração de ações de economia desses recursos. Os estudantes do Ensino médio, orientados pelos professores responsáveis, desenvolverão os temas Água e Energia.Sub-temas: Uso da água para geração de energia; Uso racional de água e energia; Tratamento e reuso da água.
b) Alimentação saudável: será aprimorada a produção de alimentos da cozinha. (ações contínuas)

7. Coleta Seletiva: construção de lixeiras (turmas do 9º. Ano), com materiais reaproveitáveis, para coleta seletiva de resíduos; aprimoramento do sistema de coleta de seletiva e destinação da mesma (ação já em andamento). Inclui-se também nesse item a eficiência do resíduo orgânico gerado pela cozinha para produção do adubo e fortalecimento do solo para a horta que atenderá a cozinha.
Coleta de óleo de cozinha: será mobilizada a comunidade escolar sobre a necessidade de coletar o óleo usado nas cozinhas para ser entregue no CETV, que se tornou um ponto de coleta de óleo, em parceria com o MAV – Movimento Água é Vida, pois o mesmo quando é derramado nos esgotos é um agente poluente do solo e da água.

8. Preservação e Proteção do Patrimônio Natural e Cultural: serão realizados mutirões para a preservação e proteção do patrimônio natural e cultural do CETV, já apoiando a recente Lei Municipal que cria o Dia de Preservação e Proteção do Patrimônio Natural e Cultural de Feira de Santana.

Essas oito iniciativas têm como marco inicial a semana do meio ambiente de 2015, para ações continuadas até o próximo ano de 2016. Queremos em um ano medir os esforços da comunidade escolar sobre o compromisso para melhorar o clima do planeta através da educação. Mude o Clima, antes que ele mude você!