Esse foi o tema da Roda de Conversa que aconteceu no Auditório da Faculdade Católica de Feira de Santana, na tarde do dia 24, quando participaram educadores, estudantes, gestores e demais profissionais da rede de educação e ativistas da cultura de paz, objetivando encontrar caminhos de como inserir na educação em todos os níveis de ensino a cultura de paz e não-violência para um Feira de Santana Sustentável, em apoio ao Setembro Colorido da Paz.

A Roda de Conversa foi facilitada por:
• Profa. Nayara de Santana Almeida – Projeto de Prevenção a Violência Escolar da Secretaria Municipal de Educação
• Profa. Maria da Conceição de Oliveira Lopes – Diretora do Colégio Estadual Teotônio Vilela – CETV
• Prof. João Eudes Rocha de Jesus – Filósofo, Teólogo e Pedagogo da Faculdade Católica de Feira de Santana

A Profa. Nayara trouxe a triste realidade da violência que ocorre dentro das escolas municipais e a importância de uma ação continuada sobre prevenção à violência e disse: “o Secretário Municipal de Educação e equipe de nossa Secretaria, apoiou com muito entusiasmo o Setembro Colorido da Paz, enviando para toda rede informações para que as escolas se engajem nessa importante iniciativa.”

Já a Profa. Conceição, apresentou o Programa Semeando a Paz para o Cultivo de um Ambiente Sustentável, criado em parceria com o Instituto Ecobairro Brasil em 21 de setembro de 2013, que permitiu a eliminação da violência intra-escolar e propiciou a educação para o desenvolvimento sustentável e enfatizou: “cultura de paz é um tema que precisa urgente estar em todas rodas de conversa.”

O Prof. João apresentou o que muitos filósofos falam sobre a paz, e que a paz é algo muito sério, profundo e necessária uma investigação filosófica e que a educação deve se dedicar ao tema, afinal quando se acaba os argumentos a violência surge, e a educação é o caminho para transformar a cultura de violência em cultura de paz. Resumiu sua participação com a seguinte frase: “juntos pela paz.”

A estudante do CETV – Rafaela do 2º ano B, distribuiu marcadores de texto com os princípios da cultura de paz da ONU, produzido pelo Colégio.

O ativista escritor e Prof. João Rocha comentou: “só lutando, conquistaremos igualdade de oportunidades para todos e todas no Brasil e no mundo.”

Temos um desafio lançado pela Agenda 2030 com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, um deles é a meta 4 que trata da Educação de Qualidade e em especial a submeta 4.7 que diz: “Até 2030, garantir que todos os alunos adquiram conhecimentos e habilidades necessárias para promover o desenvolvimento sustentável, inclusive, entre outros, por meio da educação para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida sustentáveis, direitos humanos, igualdade de gênero, promoção de uma cultura de paz e não violência, cidadania global e valorização da diversidade cultural e da contribuição da cultura para o desenvolvimento sustentável.” Meta essa que estimulou a Roda de Conversa e que já está sendo pensada uma proposta concreta visando contribuir com a educação para o desenvolvimento sustentável, com ênfase na cultura de paz e não-violência.

Por: Redação do Viva Sustentável