Já estão em andamento as obras do Parque Linear Lopes Rodrigues, localizado nas imediações do conjunto Jomafa. O projeto visa a construção de uma avenida que vai passar por trás do Hospital Especializado Lopes Rodrigues, com uma extensão de 1.010 metros e um canal com 4,50m de largura, ajardinamento, calçadas laterais, com percurso inteiramente iluminado e tendo nas margens uma pista dupla com pavimentação a paralelepípedo, além de ciclovia.

Homens e máquinas da empresa 5M, vencedora da licitação, estão no local há cerca de uma semana, cumprindo a primeira etapa do cronograma de obras que consiste na terraplanagem e realinhamento do canal. Na manhã desta quarta-feira, 12, os serviços foram acompanhados pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho.

É apenas o início, mas a obra já desperta curiosidade e muito interesse, principalmente porque vai livrar os moradores do bairro Irmã Dulce e dos conjuntos Jomafa e Luiz Eduardo Magalhães, entre outros, de problemas como o mau cheiro, muriçocas, roedores e doenças provenientes dos esgotos de várias origens, que sempre correram a céu aberto no local.

Morador do bairro irmã Dulce, José Afrânio Vieira, que passa pelo local diariamente a caminho do trabalho, está feliz com a obra. “Significa a solução de um grave problema ambiental e solução de maneira definitiva, o que valoriza ainda mais o nosso bairro”, ressalta ele.

SEGURANÇA

A satisfação dos moradores com a obra não é sem razão. Entre os benefícios para os moradores do entorno que estão ansiosos para ver o fim da construção, se destaca também o aspecto segurança. Mara do Carmo, dona de casa, ressalta que a obra vai trazer tranquilidade para os moradores. “Isso aqui tinha muita cobra, por causa dos roedores. Era uma verdadeira floresta usada para desordens pelos marginais e agora o mato está desaparecendo. A gente já fica feliz”, destaca.

Com um custo total no valor de R$ 2.877,165,19 – recursos do próprio município -, o Parque Linear Lopes Rodrigues será entregue em 12 meses. “É mais um problema ambiental resolvido com a devida infraestrutura em Feira de Santana”, destaca Roberto Tourinho, secretário municipal de Meio Ambiente.

Fonte: PMFS www.feiradesantana.ba.gov.br