O Viva Sustentável entrevista a Bióloga Maria da Conceição Borges Gomes, premiada como Guardiã do Meio Ambiente 2014 – prêmio da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Naturais de Feira de Santana que homenageia ações positivas em defesa da natureza, com a dissertação de Mestrado intitulada “Morcegos (Mammalia: Chiroptera) segundo uma abordagem biológica, mitológica, simbólica e etnozoológica”. A pesquisa trata da importância do morcego, inclusive no controle do mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue e chikungunya. Em breve, a pesquisadora Conceição Borges Gomes lançará livro infantil paradidático sobre morcegos.

VS: Como o morcego pode ajudar no controle do mosquito aedes aegypti?

Conceição: 70% das espécies de morcegos, no Brasil, se alimentam de invertebrados (insetos, aranhas, escorpiões, etc). Um morcego pode se alimentar de mais de 200 insetos por noite, dentre eles estão o mosquito da dengue e chicungunya.

VS: Existe um ideia comum de que os morcegos se alimentam de sangue. Isso é verdade?

Conceição: Sim, só que apenas 3 espécies, das mais de 1200. E só uma delas se alimenta de sangue de humanos e outros mamíferos. Sendo que de humanos apenas por acidente ou descuido de alguém que dorme na zona rural ou em áreas de mata sem proteção de mosquiteiros.

VS: Todas as espécies transmitem doenças? Que doenças eles podem transmitir?

Conceição: Nem todas as espécies transmitem doenças. A doença mais comum é a raiva e a histoplasmose (causada por fungos que podem estar em suas fezes). Mas outras doenças causadas por vírus e bactérias podem ser transmitidas. Por isso não podemos ter contato direto com eles.

VS: – Qual a importância do morcego na natureza?

Conceição: 1. Os morcegos são grandes controladores de insetos. Algumas espécies ingerem 200 ou mais insetos em apenas alguns minutos de vôo.

2. Os morcegos são responsáveis pela formação de florestas. Ao ingerir um fruto, deixa cair as sementes em local distante do original, onde poderá nascer nova árvore. Mais de 500 pequenas sementes podem ser transportadas por um único morcego a cada noite.

3. Os morcegos ajudam na reprodução de mais de 500 espécies de plantas, visitando as flores como fazem de dia os beija-flores, transportando o pólen de flor em flor.

4. Há morcegos que se alimentam de pequenos animais, incluindo os roedores, que tanto prejuízo trazem à agricultura.

5. Os morcegos são largamente utilizados em pesquisas, incluindo a ação de medicamentos que no futuro serão empregados em benefício do homem.

6. As fezes de morcegos constituem excelente adubo que foram largamente explorados, até o desenvolvimento dos adubos sintéticos.

7. Os morcegos têm sido analisados na utilização do sonar que poderá auxiliar o homem.

8. A saliva do morcego vampiro, por ter forte ação anticoagulante, poderá ser largamente empregada para o tratamento de várias doenças vasculares.

9. Os morcegos são importante elo na cadeia alimentar.

10. O desaparecimento dos morcegos poderá resultar em desequilíbrio e os inconvenientes resultantes poderão ser piores que os causados pela simples proximidade destes animais.

11. O morcego é praticamente o responsável pela existência de vida nas cavernas. Ao defecar, ou mesmo deixar restos de comida na escuridão das cavernas, ele está ajudando a manter um ecossistema inteiro que tem grande dificuldade em se manter. Se os morcegos forem extintos, a pequena biodiversidade das cavernas também será, ou será extremamente abalada.

VS: Como despertou em você o interesse por pesquisar os morcegos?

Conceição: Eu já gostava dos mamíferos e comecei a me incomodar com o preconceito que as pessoas tinham com os morcegos. Quando eu comecei a pesquisar sobre eles, vi que tudo não passava de mitos e preconceitos.

VS: Por que os morcegos se penduram de cabeça para baixo?

Conceição: Os morcegos não têm pés e pernas desenvolvidos, por isso não conseguem pegar impulso do chão para voar, portanto eles se penduram e se soltam para facilitar o vôo.

VS: Quais as espécies de morcegos existentes no Brasil?

Conceição: São 178 espécies no Brasil!

VS: O que fazer se um morcego aparecer em nossa casa?

Conceição: Tentar retirá-lo com uma vassoura ou qualquer objeto, mas sem machucá-lo. Nunca pegar com a mão pois ele pode estar contaminado com algum microorganismo. Nunca matá-lo, pois são protegidos por lei e é crime.

Entrevista concedida à Redação do Viva Sustentável

Molossus molossus - #1546 | American Society of ammalogists mammalo gy.org Morcego mais encontrado nos forros e telhados das residências; se alimenta de insetos.

Molossus molossus – #1546 | American Society of ammalogists
mammalo gy.org
Morcego mais encontrado nos forros e telhados das residências; se alimenta de insetos.