O Viva Sustentável não poderia deixar passar em branco esta data tão importante, 11 de agosto. Por que importante? Porque toda mudança de cultura passa pela educação, e não existe educação sem estudante e educador. E quem são o estudante e o educador? Somos um ou outro, ou somos todos estudantes e educadores e um passa seu conhecimento para o outro, os que vieram antes de nós e os que virão depois de nós?

Pois é, o melhor educador é aquele que está o tempo inteiro estudando, se aprimorando. Talvez o certo seria termos vários dias do estudante, afinal, os grandes educadores são também grandes estudantes.

Pois bem, se ser estudante é tão importante, o que é estudar?

Estudar não é ler, decorar e pesquisar. Isso tudo faz parte, mas estudar é pensar no que foi lido, é ampliar a compreensão, é renovar o conhecimento e se encantar a cada descoberta. E o melhor é termos todas as condições internas para aplicar o conhecimento e estarmos abertos ao diálogo, para não sermos dogmáticos e anunciadores da única verdade. Como diz um texto da Ética Viva: devemos estimular nos estudantes o sentimento de que eles não parem de estudar quando saem da instituição de ensino. O estudo é para sempre, inclusive na educação não formal.

E agora, estudante, vai uma dica: hoje o desafio é saber integrar as necessidades sociais com as econômicas e ambientais para um desenvolvimento sustentável. Esse desafio é novo e ninguém sabe ainda o que fazer, apenas o que não fazer, e mostrou que sustentabilidade é o tema cujo educador é o planeta e todos os seres que o compõe. Um novo paradigma na educação: o “game-over” do antropocentrismo. Isso significa repensar nosso lugar na Casa Terra.

Muito bem, seja estudante o tempo inteiro e escolha viver uma “metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo” como dizia o saudoso Raul Seixas em sua música.

E para encerrar fica aqui uma frase da sabedoria chinesa:
“O sábio é aquele que coloca a teoria em prática, o ignorante é aquele que insiste em ser sábio.”
Que todo dia seja do estudante e viva sustentável.

Por Redação do Viva Sustentável